Últimas notícias

A Tribuna de Tênis

De volta às quadras, Giuliana é campeã

24/10/2016


Diz o ditado que quem aprende a andar de bicicleta não esquece nunca mais. Com o tênis parece ser igual – pelo menos é o que a trajetória de Giuliana Conde (TCS) mostra. A campeã da categoria principiante feminino com mais de 35 anos do 57º Torneio A Tribuna de Tênis retomou o contato com o esporte em 2015, após quase 20 anos sem entrar numa quadra.

“Acho que pelo fato de jogar desde pequena é apenas questão de tempo para readquirir a confiança e voltar a atuar bem”, disse ela – que, ontem, derrotou Patricia Ribeiro (TCS) por 2 sets a 1 (6/0, 4/6 e 10/6), no Tênis Clube de Santos.

Se no set inicial o domínio foi completo, Giuliana sofreu na segunda etapa com a parceira de treinos.“A Paty cresceu bastante e o cansaço atrapalhou”. A oponente, inclusive, iniciou o tie break com vantagem. “Me acalmei, comecei a conseguir devolver as bolas, encaixar as jogadas. No fim, deu tudo certo”. Literalmente.

O desempenho da vencedora foi acompanhado de perto por um torcedor especial – seu filho, Enrico, que se ofereceu para pegar as bolas ao longo da partida. “Eu olhava para ele e pensava: se acalme”, comentou ao término da disputa, aos risos.“Foi meu amuleto”.

Vibração
No mesmo horário, a final da categoria feminino com mais de 45 anos era definida na quadra ao lado. Fernanda Monnerat (TCS) venceu Fátima Bonilha (TBYPV) por dois sets a 0 – com parciais 6/4 e 6/1.

Quem assistiu à partida, viu: apesar da experiência acumulada ao longo de 23 edições do torneio, a campeã vibrava em quadra como se estivesse numa estreia a cada ponto conquistado.

“É muito prazeroso quando você consegue impor o jogo e matar os pontos no momento certo”, disse. “Dá um ânimo diferente”.

Fernanda é só elogios para a adversária – justamente para quem perdeu na final da edição do ano passado: “Ela joga muito bem, sempre está em evolução. Faz com que a partida fique bem competitiva”.

Fátima bem que tentou aplacar o ímpeto da oponente – no primeiro set chegou a ficar na frente com 3/2, mas o dia era mesmo da conhecida rival.

“A gente sempre imagina o melhor quando entra na quadra, embora tenha consciência de que as coisas podem não sair como queremos”, refletiu Fernanda, com o conhecimento de quem pratica o esporte desde os nove anos. “Mas eu entrei focada e confiante. O resultado foi satisfatório”.

A cerimônia de premiação do 57º Torneio A Tribuna de Tênis será realizada hoje, às 20 horas, no Tênis Clube de Santos. O evento acontecerá logo após a final da categoria especial masculino, entre Thiago Dalceno (TBYPV) e Allan de Oliveira (TCS). O jogo está marcado para as 18 horas.

Fonte: Jornal A Tribuna