Últimas notícias

Meia Maratona A Tribuna - Praia Grande

Adriano Pacheco e Sirlene Pinho são os campeões da 12ª Meia Maratona A Tribuna-Praia Grande

20/09/2015


Com uma corrida estratégica, Adriano Pacheco, de São Paulo, foi o campeão da 12ª Meia Maratona A Tribuna-Praia Grande. Entre as mulheres, a baiana radicada em Santos, Sirlene Souza de Pinho, correu com folga, para garantir o primeiro bicampeonato feminino. Apresentando um percurso totalmente plano, com duas grandes retas de nove quilômetros e a segunda metade pela orla da praia, a prova foi disputada neste domingo pela manhã (12), com muito sol e calor, reunindo 3.300 atletas de mais de 100 cidades.

Entre as mulheres, Sirlene (Memorial/Unimes/Fupes/Mizuno/Fupes) garantiu um feito histórico, sendo a única a vencer duas vezes, com a primeira conquista há exatos dez anos, em 2005. “É uma honra continuar correndo em alto nível e vencer novamente essa prova. Vou completar 40 anos e continuo firme. Vim para vencer, para homenagear meus patrocinadores da Baixada Santista, a Memorial e a Unimes. E consegui. Estou bem feliz”, afirmou Sirlene, que na trajetória da prova acumula outros pódios, como um terceiro e dois quartos.

Na prova, Sirlene saiu forte para não ter rivais. A ideia era completar para 1h18min, mas com a falta de rivais e depois o vento forte na praia, “segurou” o ritmo, completando em 1h23min43s. “Queria fazer para 1h18min, mas não deu. Foi mais o vento nos dez últimos quilômetros. Mas valeu a pena”, destacou a vencedora, que já tem um projeto para o futuro: “Quem sabe terei pupilos competindo aqui. Estou me formando em Educação Física e quero trabalhar com crianças especiais. Fazer um trabalho social”.

Mesmo reduzindo o ritmo, sua vantagem sobre a segunda colocada foi de quase três minutos, com Cristiane Alves Silva completando os 21.097 metros em 1h26min23s. Angelina Rafael (Angiocorpore/ Ao Fiel Barateiro/ Fupes) foi a terceira, com a campeã de 2012, Maria dos Remédios Castro (Ao Fiel Barateiro), em quarto, seguida de perto pela triatleta de Ironman, Rosecler Amorim (Fupes/Mizuno/Casa do Parafuso/Esparta Suplementos/Tork Sport).

No masculino, Adriano Pacheco teve uma disputa acirrada com Raphael Magalhães (Sesi-SP), que ficou em segundo, e José Uilton dos Santos (Grupo Mendes/Ao Fiel Barateiro/Fupes/Unip), o terceiro e com a vantagem de conhecer muito bem o percurso – mora ao lado da largada. Essa foi a sua segunda participação em Praia Grande. Ano passado chegou a liderar a disputa e terminou em quarto lugar, não aguentando a força dos quenianos. Agora, sem africanos para atrapalhar, soube dosar o ritmo.

Até o km 19, os três correram juntos, quando Adriano notou o cansaço dos rivais e decidiu apertar o ritmo. Primeiro, José Uilton ficou para trás, depois o vencedor aumentou a velocidade para chegar à reta final isolado. “Vim para o pódio, não pensei em tempo, por causa do calor”, ressaltou o atleta, que esse ano foi quinto na Meia do Rio, com 1h05min40s. “Depois que o José Uilton ficou um pouco, dei uma puxadinha, olhei para trás, como ele ficou e conheço o percurso, aproveitei para forçar um pouco mais para abrir vantagem”, contou.

Seu único temor era o esgotamento físico. “Cheguei em Praia Grande às duas da manhã, por causa do transito. Bati um prato de arroz, feijão e ovo e descansei um pouco. Essa foi uma vitória muito especial para mim, que confirma um ano muito bom, com grandes participações e resultados. Agradeço a Deus pela saúde para ter capacidade de treinar e competir”, festejou.

Cadeirantes
Outra vitória muito comemorada foi de Aline dos Santos Rocha (Laboratório Pasteur/Magnetron/ Jumper Equipamentos) entre os cadeirantes, com direito a recorde, 53min07s. A prova reuniu três grandes nomes da modalidade, que competiram juntos, cada vez um puxando o ritmo, como preparação para a Maratona de Oita no Japão. Na curva final, Heitor Mariano (Hicaro Alumínio/Accelerade/ Auto501/Dani Tavares Pilates) vinha na frente com o objetivo de ser bicampeão masculino e quebrar o seu recorde, mas Fah Fonseca (Fast Wheels/Fupes/Truke/ Fortime) acabou colidindo e o travando.

Aline que vinha logo atrás passou sem problemas para ser a primeira geral. “Foi uma honra vencer o nosso ícone Heitor, o melhor cadeirante do Brasil hoje nas corridas, campeão da São Silvestre, Maratona de São Paulo”, disse a atleta de 24 anos, que começou no esporte há apenas cinco anos, após lesão num acidente de carro.

Heitor vibrou com o resultado dos três. “O importante é que corremos muito bem, baixamos de 54 minutos. Infelizmente teve o acidente na curva final, mas a Aline foi espetacular. E a Fah também foi muito bem”, disse o bicampeão masculino entre os cadeirantes.

O diretor-presidente de A Tribuna e também corredor, Marcos Clemente Santini, comemorou mais uma edição de sucesso e fez um balanço dos 12 anos do evento. “São 12 anos de parceria com a Prefeitura para a realização de uma grande corrida. É uma prova especial, porque é muito rápida, apesar deste domingo estar muito calor, úmido e na segunda metade vento contra forte. Sempre tem muita gente na rua assistindo, principalmente na praia. Isso motiva todos os atletas a completarem”, declarou.

Mais do que uma disputa acirrada, muitos inscritos queriam completar o desafio. Entre os exemplos aplaudidos na final estava José Dantas de Oliveira, de Sumaré, no interior Paulista, que aos 73 anos, esbanjava vigor na linha de chegada. Além da corrida oficial, de 21 km, o evento contou com uma prova participativa de 10 km, estimulando muitas pessoas a iniciarem na modalidade. Todos os participantes foram animados por atrações musicais posicionadas em três pontos do percurso, os DJs Xande e Big, nos quilômetros 4 e 12, respectivamente, e a Banda Siri na Latta, no KM 19, com muito rock. Os resultados oficiais da 12ª Meia Maratona A Tribuna-Praia Grande estarão disponíveis no site www.triesportes.com.br.

Resultados

Masculino
1º Adriano Pacheco da Cruz (Epas) – 1h09m29s
2º Raphael Magalhães (Sesi-SãoPaulo) – 1h09m42s
3º José Uilton dos Santos (Grupo Mendes/Ao FielBarateiro/Fupes/Unip) – 1h09m52s
4º Mauricio Santana (RafaelMoreno/SilvaAutomóveis/WagnerDental/Tork Sports) – 1h11m58s
5º Adailton dos Santos (São Josédos Campos) – 1h14m12s

Feminino
1º Sirlene Souza de Pinho (Memorial/Unimes/Fupes/Mizuno/CDE) – 1h23m43s
2º Cristiane Alves Silva – 1h26m23s
3º Angelina Rafael (Angiocorpore/Ao FielBarateiro/Fupes) – 1h32m36s
4º Maria dos Remédios Castro (Ao FielBarateiro) – 1h33m46s
5º Rosecler Amorim (Fupes/Mizuno/Casa do Parafuso/Esparta Suplementos/Tork Sport) – 1h33m55s

Fonte: FMA Notícias