Últimas notícias

Surf Colegial A Tribuna

No 22º A Tribuna de Surf Colegial, em Guarujá, Colégio Adélia é campeão pela 14ª vez

20/11/2017


O Colégio Adélia, de Guarujá, voltou ao lugar mais alto do pódio no 22º A Tribuna de Surf Colegial, disputado neste domingo (19), na Praia do Tombo, em Guarujá. Com atletas em três das quatro finais e uma dobradinha na feminina, a equipe orientada pelo técnico André Cação comemorou o 14º título. Destaque, também, para a EE. N.S. Navegantes, no bairro Santa Cruz dos Navegantes, a Pouca Farinha, que terminou em quarto lugar geral, com dois vitoriosos no evento.

No individual, três surfistas repetiram as vitórias do ano passado, com destaque para Louisie Frumento, do time campeão, que chegou ao terceiro título seguido da feminina (sub18), igualando-se a outras três atletas, Jaqueline Diniz, Claudia Gonçalves e Julia Santos.

Na júnior (sub18), o atual bicampeão paulista estadual, Alax Soares, da N.S. Navegantes, ergueu o troféu pelo segundo ano seguido na junior (sub18). Gustavo Giovanardi, do Objetivo Praia Grande, também garantiu o bi na iniciante (sub14), enquanto que Tarcysio Souza, também da Navegantes, foi o único estreante entre os vitoriosos, na categoria mirim (sub16).

No total, foram 36 escolas competindo, com representantes de Ilha Comprida a São Sebastião, incluindo grandes destaques da nova geração paulista. Mesmo com chuva, a praia ficou agitada, com as equipes na areia e muita torcida pelos atletas e equipes uniformizadas.

“Mais um ano, sucesso de novo, graças aos parceiros que a gente consegue, como a Unaerp, que foi patrocinadora e fez serviço de fisioterapia nos atletas, para poder mostrar para essa garotada do surf, que educação anda junto com o esporte e fortalece a cidadania”, disse o gerente de marketing da Tri FM, Davidson Iuspa coordenador do evento.

A primeira final no mar foi a da iniciante. Gustavo Giovanardi repetiu a vitória, com as duas melhores notas da decisão, 6,17 e 6,5. George Alves, do Colégio Vertex, de Santos, ficou em segundo lugar, seguido do atual campeão guarujaense da categoria e filho do ícone Amaro Matos, Derek Matos, do Don Domênico, e Victor Santos, da EMEF Pref. Antonio Fernando dos Reis, de São Vicente. “Estou super feliz com essa vitória, por conquistar esse bicampeonato. Mar super difícil e acabei achando boas ondas na final e queria agradecer a minha família e meus apoios”, vibrou Gustavo.

Na feminina, Louisie também foi superior do início ao fim, abrindo boa vantagem sobre Melissa Policarpo, também do Adélia. Biana Maila, que veio de Ilha Comprida, representando a EE P. Judith Santana Diegues, voltou a subir no pódio do evento, em terceiro, seguida da campeã santista Isadora Parra, do Aristóteles Ferreira.

“Fechei o ano com chave de ouro e é a primeira vez que sou três vezes campeã de um campeonato, ainda mais o A Tribuna que tem história e eu também acabei entrando para a história da categoria”, disse a surfista, que faz parte do Instituto Gabriel Medina, em Maresias, e este ano foi campeã sub18 do Brasileiro Feminino em Ubatuba e terceira no Sul-Americano Pro Júnior.

Na mirim, o resultado mais emocionante. Depois de uma bateria muito equilibrada, Tarcysio Souza virou nos momentos finais sobre Gustavo Mattos, do EE Dr. Abrahão Jacob Lafer, de Praia Grande. O campeão de 2016, Luan Hanada, do Objetivo Guarujá, ficou em terceiro dessa vez, com Samuel Alves, do Adélia, em quarto. “Foi uma vitória muito importante e eu dedico ao meu treinador, o Ademir Silva e a todo mundo da Pouca Farinha, que vem na mesma correria que eu, passando sufoco, mas sempre na praia, com objetivo de crescer”, comemorou.

Também da “Pouca Farinha”, Alax Soares enfrentou dois amigos e companheiros diários de treinos, Ihgor Sant’Ana, do Adélia, e Júnior Siqueira, da EE Luiza Macuco. Giovani Pontes, do Adélia, que já foi campeão do A Tribuna, terminou em quarto. “O ano está sendo incrível para mim. Foi melhor do que imaginei, mas vinha trabalhando muito para colher bons frutos e espero, ano que vem, continuar no mesmo ritmo na categoria profissional”, falou.

“É bem difícil competir com os amigos, porque estamos no dia a dia do treino e eles sabem todas as estratégias, mas graças a Deus foi tudo certo. Escolhi um pico isolado da galera e consegui levar a melhor”, complementou o surfista, que teve as duas melhores notas da final, um 6,83 e um 7,5.

Ainda no evento, foi realizada a homenagem ao surfista Ronaldo Hipólito, o Pardal, por sua trajetória no surf. Ele recebeu a placa das mãos do historiador do surf, Diniz Iozzi, também apelidado do Pardhal. “O que vi aqui hoje foi fantástico. Na minha época, o surf era motivo de apreensão para os pais, mas vi uma festa linda com os familiares incentivando os jovens a seguirem no surf. Fiquei muito feliz”, ressaltou Pardal, fazendo questão de citar a presença do mentor no surf e, segundo ele, primeiro big rider de Guarujá, Guaracy Pedro Moraes, hoje secretário adjunto de Esportes de Guarujá.

Resultados

Escolas
1º Colégio Adélia – Guarujá
2º Colégio Don Domênico – Guarujá
3º Objetivo Guarujá
4º EE N.S. Navengantes – Guarujá

Junior (sub18)
1º Alax Soares – EE N.S. Navegantes – Guarujá
2º Ihgor Sant’Ana – Colégio Adélia – Guarujá
3º Júnior Siqueira – EE Luiza Macuco – Guarujá
4º Giovani Ponte – Colégio Adélia – Guarujá

Feminina (sub18)
1º Louisie Frumento – Colégio Adélia – Guarujá
2º Melissa Policarpo – Colégio Adélia – Guarujá
3º Bianca Maila – EE P. Judith Santana Diegues – Ilha Comprida
4º Isadora Parra – Aristóteles Ferreira – Santos

Mirim (sub16)
1º Tarcysio Souza – EE N.S. Navegantes – Guarujá
2º Gustavo Mattos – EE Dr. Abrahão Jacob Lafer – Praia Grande
3º Luan Hanada – Objetivo Guarujá
4º Samuel Alves – Colégio Adélia – Guarujá

Iniciante (sub14)
1º Gustavo Giovanardi – Objetivo Praia Grande
2º George Alves – Colégio Vertex – Santos
3º Derek Matos – Don Domênico – Guarujá
4º Victor Santos – EMEF Pref. Antonio Fernando dos Reis – São Vicente

Fonte: FMA Notícias